BI Award for Innovation in Healthcare: "Colocar o foco nos doentes não COVID-19, neste momento, é essencial"
08/04/2021 15:23:38
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
BI Award for Innovation in Healthcare: "Colocar o foco nos doentes não COVID-19, neste momento, é essencial"

As candidaturas da competição BI Award for Innovation in Healthcare, uma iniciativa da Boehringer Ingelheim Portugal, com o apoio institucional da Ordem dos Médicos, terminam no dia 16 de abril, e já é conhecido o júri e o painel de mentores que vão ajudar os projetos a ganhar vida. Este é, de acordo com o bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Dr. Miguel Guimarães, “projeto que se adapta, perfeitamente, àquilo que são os tempos atuais e às necessidades a que vamos ter de responder dos nossos doentes todos não COVID-19”. Assista ao vídeo.

O projeto vai contar com a orientação e avaliação de profissionais com muita experiência, reconhecimento e idoneidade nas áreas da saúde, ciência e tecnologia, como o Dr. Miguel Guimarães, a Prof.ª Doutora Ana Paula Martins, bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF), o Prof. Doutor Alexandre Lourenço, presidente da direção da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) e o Prof. Doutor Carlos Robalo Cordeiro, diretor do Serviço de Pneumologia do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC) e diretor da Faculdade de Medicina de Coimbra (FMC). Uma lista que integra ainda nomes como a Prof.ª Doutora Maria do Céu Machado, presidente do Conselho de Disciplina da FMUL e ex-presidente do Infarmed, a Dr.ª Maria de Belém Roseira, advogada, jurista e ex-Ministra da Saúde, a Prof.ª Doutora Elsa Frazão Mateus, presidente da European Patients’ Academy on Therapeutic Innovation (EUPATI) e o Prof. Doutor Pedro Pita Barros, professor de Health Economics na Nova SBE. O Dr. Júlio Machado, psiquiatra e sexólogo, o Prof. Doutor David Marçal, professor na Universidade Nova de Lisboa (UNL) e o Dr. Pedro Rebelo de Sousa, managing partner e fundador da SRS Advogados juntam-se também a este painel.

Com um formato inovador de trabalho colaborativo (hackathon), a competição, que decorrerá entre 21 a 23 de maio, vai juntar as equipas candidatas, compostas por três a seis elementos, a um grupo de mentores especializados, que as vão orientar na melhor forma de transformar as suas ideias em projetos reais.

A Dr.ª Elvira Fortunato, cientista, investigadora e professora catedrática portuguesa, que aos muitos feitos juntou recentemente a conquista do Prémio Pessoa 2020, é uma das mentoras, a quem se junta, neste desafio, o Dr. Pedro Janela, CEO, fundador e co-proprietário da holding WYgroup, focada em produtos e marketing digital ou o Prof. Doutor Armando Vieira, doutorado em Física Teórica, atualmente Head of Data Science na Hazy e investigador na área de inteligência artificial e redes neurais artificiais. Deste grupo faz ainda parte o Prof. Doutor António Câmara, pioneiro na investigação de simulação, sistemas de informação geográfica, realidade virtual e aumentada e professor catedrático na UNL, o Dr. Paulo Carinha, assessor para a área do medicamento do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ). Ainda como mentores o projeto conta com a Prof.ª Doutora Filipa Castanheira e o Prof. Doutor Nadim Habib, ambos professores na Nova SBE, assim como com o Prof. Doutor Bruno Magalhães, administrador hospitalar no Centro Integrado de Cirurgia de Ambulatório, da lista de inscritos para cirurgia, do Departamento de Cirurgia e Blocos Operatórios. O Dr. António Lobo Ferreira, professor auxiliar da FMUNP, também aceitou este projeto de mentoria. A Dr.ª Rubina Correia, membro do Conselho Nacional da OM e a Dr.ª Diana Abegão Pinto, assessora jurídica, foram desafiadas a participar neste desafio, ao qual também responderam positivamente.

A avaliação e classificação dos projetos e ideias inovadores na área da saúde, assim como da escolha dos vencedores, caberá ao júri, que irá eleger as três equipas vencedoras do BI Award for Innovation in Healthcare conhecidas no evento final, a decorrer a 28 de maio. Num total de 47.500€ destinados a premiar as ideias mais criativas e inovadoras a implementar no Sistema Nacional de Saúde (SNS), 25.000,00€ será para a equipa que ficará em primeiro lugar, 15.000,00€, para a equipa que ocupará o segundo lugar e 7.500,00€, para o terceiro lugar.

O prémio é, de acordo com o Dr. Miguel Guimarães, um “projeto de partilha e concretização de ideias”, que vai “reforçar a qualidade e a capacidade de resposta do SNS e do sistema de saúde todo.“Julgo que vai ser um sucesso e um contributo muito importante para dar a resposta que nós vamos ter que dar aos nossos doentes que estão a precisar dela”, sublinha.

De acordo com o bastonário da OM, este projeto surgiu da necessidade de “colocar o foco nos doentes não COVID-19”. “A OM sempre achou que, ao partilhar as ideias, trabalhar em equipa, em conjunto com outras instituições, a nossa capacidade de intervenção é maior, de ajudar outras pessoas que precisam de ser ajudadas, nomeadamente os nossos doentes”.

De entre as áreas promovidas, o Dr. Miguel Guimarães conta que vão desde “o acesso aos cuidados de saúde, uma área absolutamente importante para os portugueses, para as pessoas que têm doenças, até à questão do resultado. E entre o acesso e os resultados fala-se da transformação digital, da gestão e organização dos serviços de saúde”.

Acrescentando que os objetivos do prémio passam por “dar um contributo importante para aquilo que é a melhoria dos cuidados de saúde; e conseguir ter aqui um conjunto de ideias que são partilhadas e se transformam, depois, num projeto”.

“A ideia é fácil de apresentar, por isso, não deixem de participar”, apela, por fim, o Dr. Miguel Guimarães.

Apresente aqui a sua candidatura até 16 de abril.

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019