GSK e SPP procuram formar futuros líderes em DPOC
26/03/2021 15:46:42
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
GSK e SPP procuram formar futuros líderes em DPOC

A GSK e a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) lançam o Programa de Formação Future COPD Leaders Program. Destinada a jovens pneumologistas, esta formação tem como objetivo desenvolver a área da investigação científica da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), promovendo uma evolução da carreira profissional destes jovens. Em entrevista à News Farma, a Dr.ª Paula Pinto, vice-presidente da SPP, e a Dr.ª Carla Fernandes, diretora médica da GSK, consideram que, mesmo em contexto pandémico, é importante manter a aprendizagem contínua e o desenvolvimento de competências profissionais da comunidade médica.

Ao longo de 50 anos no mercado de tratamentos para as doenças respiratórias como a DPOC, a GSK garante “uma responsabilidade acrescida no que diz respeito ao contributo e resposta às necessidades concretas dos especialistas desta área”, refere a Dr.ª Carla Fernandes.

Tanto a SPP como a GSK pretendem manter um desenvolvimento continuo das competências, através de formações e programa educativos para capacitar e empoderar os pneumologistas portugueses. É a partir destra premissa que surge o Future COPD Leaders Program.

Este programa iniciou-se a 11 de março com a reunião “Learning to be an Expert”, destinado a todos os jovens e internos pneumologistas. Esta formação técnica ficou marcada pela aprendizagem de medical writing. Quem o explica é a Dr.ª Paula Pinto, acrescentando que, de abril a outubro, seguem-se as próximas duas fases: “How to be a scientific leader”.

Para estas fases, serão escolhidos cinco jovens pneumologistas, avaliados através da sua candidatura e projetos, por uma comissão eleita pela SPP. Os critérios definidos pela SPP e pelo Prof. Doutor Alvar Agustí, diretor do Instituto Respiratório do Hospital Clinic e mentor no projeto, são “jovens pneumologistas, não internos; com idade inferior a 40 anos; com um projeto original na área da pesquisa clínica ou laboratorial ou pesquisa básica; na área terapêutica da DPOC; envio e apresentação da proposta em língua inglesa”, enumera a Dr.ª Paula Pinto.

“Os eleitos vão ter a possibilidade de participar em seis mentoring meetings, conduzidos pelo Prof. Doutor Alvar Agustí, em conjunto com outros mentores designados pela SPP”, conta.

Medical writing, desenvolvimento do projeto de investigação (protocolo, questões a serem respondidas), saber priorizar os passos que devem ser dados e preparação de apresentações públicas são alguns dos tópicos a abordar durante estas três fases. A SPP e a GSK pretendem com estas ferramentas e mentoria aumentar o interesse dos jovens pneumologistas em projetos de investigação, contribuindo “para que a investigação em Portugal seja de excelência”.     

O Future COPD Leaders Program termina no Congresso Português de Pneumologia, marcado para 11 a 13 de novembro, onde os cinco especialistas selecionados apresentarão o seu projeto. Estes receberão ainda um certificado com a chancela científica da SPP.

A DPOC tornou-se a terceira causa de morte com maior prevalência estimada em Portugal, de acordo com o mais recente Relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias. A acrescentar a este valor, apenas 32,3% dos doentes de DPOC tinham sido diagnosticados adequadamente, o que poderá resultar em valores mais elevados de óbitos. “Assim, é imperativo continuar a investir no conhecimento científico e na partilha de experiências que se possam traduzir em ganhos na qualidade de vida de todas as pessoas que vivem com DPOC em Portugal”, refere a Dr.ª Carla Fernandes.

Com o Future COPD Leaders Program, a diretora médica da GSK espera que “os jovens pneumologistas portugueses com interesse em aprofundar conhecimento sobre a DPOC tirem o máximo partido deste fantástico programa que a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, com o apoio da GSK, está a disponibilizar”.

A SPP e a GSK mantêm a expectativa de que, após este programa de formação, os candidatos “sejam futuros líderes na área da DPOC”, sublinha a Dr.ª Paula Pinto.  


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019