MSD analisa em webinar os benefícios da imunoterapia como tratamento de 1L no cancro colorretal
15/03/2021 16:59:53
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
MSD analisa em webinar os benefícios da imunoterapia como tratamento de 1L no cancro colorretal

No Mês Europeu de luta contra o cancro colorretal, a MSD Portugal vai promover, a 25 de março, com início às 18h00, o webinar “mCRC MSI-H Meet the expert - Bringing Immunotherapy into 1st line Treatment”. Será uma conferência online e interativa dedicada à análise dos últimos avanços no tratamento de primeira linha do cancro colorretal, a neoplasia que apresenta uma das mais elevadas taxas de mortalidade em Portugal, tendo registado 2.972 óbitos no ano passado (Globocan 2020).

Nos avanços alcançados na compreensão do microambiente tumoral e na identificação de alvos terapêuticos para prevenção e tratamento do cancro colorretal, a imunoterapia tem-se destacado como uma opção adicional. Pela primeira vez, em janeiro de 2021, foi aprovada uma nova opção terapêutica para o tratamento em primeira linha do cancro colorretal metastático com instabilidade de microssatélites elevada (MSI-H) ou com deficiência de reparação por incompatibilidade mismatch (dMMR) em adultos, que se estima afetar 5% dos doentes com cancro colorretal em estadio IV.

Para analisar a evolução das abordagens terapêuticas e os benefícios da utilização da imunoterapia enquanto primeira linha no tratamento do carcinoma colorretal, estará presente nesta reunião a Prof.ª Doutora Rocío García-Carbonero, coordenadora da Unidade de Tumores Gastrointestinais do Hospital Universitário Doze de Outubro, em Madrid.

Esta discussão será conduzida pela Prof.ª Doutora Paula Borralho, patologista na CUF Descobertas e presidente da Sociedade Portuguesa de Anatomia Patológica (SPAP), e pela Dr.ª Judy Paulo, oncologista no IPO de Coimbra. As médicas vão apresentar casos clínicos e best practices em relação ao teste MSI-H, respondendo às principais questões: como, quando e quem testar.

Com duração estimada de 01h30, os participantes vão ter a oportunidade de colocar questões e interagir com os oradores via chat. Todos os profissionais de saúde interessados em participar, podem consultar mais informação e inscrever-se a partir da plataforma da MSD.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019