Testado novo equipamento no combate à arritmia cardíaca
20/01/2021 16:08:45
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Testado novo equipamento no combate à arritmia cardíaca

Em Portugal morrem, por ano, cerca de 15 mil pessoas com arritmia cardíaca. Nesse sentido, foi testado, no final do ano passado, no Hospital St. Louis, em Lisboa, um equipamento inovador para o tratamento da fribilhação auricular, que utiliza a crioenergia.

Este equipamento permite diminuir a complexidade da intervenção cirúrgica utilizada para o tratamento da arritmia que mais aflige a população Portuguesa, a fibrilhação auricular, e também, faz com que a intervenção seja mais segura e com melhores resultados para o paciente.

“A parceria entre o Hospital St. Louis e o Centro de Arritmologia de Lisboa permitem um tratamento mais personalizado e centrado no doente, dadas as condições tecnológicas físicas e técnicas de que o Hospital St. Louis dispõe”, afirma o Dr. Bruno Tereno Valente.

O equipamento em causa, único em Portugal, é o POLARx, da Boston Scientific que é a nova versão de máquinas que recorrem à crioenergia.

“Este novo equipamento permite um tratamento mais célere, o que no contexto atual permite colmatar as necessidades de assistência médica, que se têm vindo a deteriorar em consequência da COVID-19. O nosso empenho é também nesse sentido, promover e proporcionar um melhor serviço com acesso às melhores práticas e às melhores tecnologias disponíveis no mundo hoje. Com este avanço tecnológico que trazemos para Portugal, passamos a ter uma capacidade otimizada no tratamento por ablação da fibrilação auricular com crioenergia”, acrescentou o especialista.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019