A AbbVie, uma biofarmacêutica global de investigação, anunciou novos dados relativos ao estudo SELECT-AXIS 1, um ensaio de fase 2/3. Segundo estes dados, o dobro dos doentes adultos com espondilite anquilosante (EA) ativa tratados com upadacitinib (15 mg, toma diária única) alcançou o objetivo primário de resposta Assessment of SpondyloArthritis International Society (ASAS) 40 à semana 14, comparativamente com placebo (52% vs. 26%; p<0,001). SELECT-AXIS 1 é o primeiro ensaio que avalia a eficácia e segurança de upadacitinib em doentes adultos com EA ativa não tratados previamente com fármacos anti-reumáticos modificadores da doença biológicos (bDMARDs) ou que tiveram uma resposta inadequada ou que são intolerantes a anti-inflamatórios não esteroides (AINEs).

 

Publicado em Notícias

A biofarmacêutica global de investigação AbbVie anunciou novos dados do estudo SELECT-PsA 2, um estudo de fase 3 na artrite psoriática. No estudo, ambas as doses de upadacitinib (15 mg e 30 mg, toma diária única) alcançaram o objetivo primário de resposta ACR20 à semana 12, comparativamente com placebo, em doentes adultos com artrite psoriática ativa que tiveram uma resposta inadequada a um ou mais fármacos anti-reumáticos modificadores da doença biológicos (bDMARDs). Para além disso, os doentes tratados com ambas as doses de upadacitinib alcançaram respostas significativamente superiores em comparação com placebo em todos os objetivos secundários.

 

Publicado em Notícias

A AbbVie anunciou que o Comité dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitiu um parecer positivo para a utilização de upadacitinib, um inibidor de JAK seletivo e reversível, de toma diária única, no tratamento da artrite reumatoide ativa moderada a grave em doentes adultos que tiveram uma resposta inadequada ou são intolerantes a um ou mais fármacos anti-reumáticos modificadores de doença (DMARDs). O parecer positivo refere-se à utilização de upadacitinib em monoterapia ou em combinação com metotrexato.

Publicado em Notícias

A artrite reumatoide é uma doença crónica e debilitante que atinge cerca de 23,7 milhões de pessoas em todo o mundo. A biofarmacêutica global de investigação e desenvolvimento, AbbVie, anunciou os novos resultados dos ensaios clínicos de fase 3 SELECT-EARLY e SELECT-COMPARE, que revelam que os doentes tratados com upadacitinib em toma diária única durante 48 semanas demonstram melhorias nos sinais e sintomas de artrite reumatoide.

Publicado em Notícias

A AbbVie anunciou recentemente a submissão de um pedido de autorização de um novo fármaco à Food and Drug Administration (FDA) americana e um pedido de autorização de introdução no mercado à Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para upadacitinib. O medicamento é um fármaco oral, em investigação, inibidor seletivo de JAK1, para o tratamento de doentes adultos com artrite reumatoide moderada a grave.

 

Publicado em Notícias

A AbbVie anunciou recentemente novos resultados da fase da extensão em dupla ocultação do estudo de fase 2 CELEST, que mostram que muitos dos doentes tratados com upadacitinib que alcançaram resposta clínica após a fase de indução de 16 semanas mantiveram a resposta ao tratamento após a fase de extensão de 36 semanas; os resultados observados com as doses mais altas (6 mg e 12 mg em duas tomas diárias) foram numericamente superiores aos observados com a dose de 3 mg em duas tomas diárias, às 52 semanas.

Publicado em Notícias

A AbbVie anunciou recentemente terem sido alcançados resultados positivos de primeira linha no ensaio clínico de fase 3 SELECT-MONOTHERAPY. Este estudo, ainda em curso, avaliou upadacitinib (ABT-494), um inibidor seletivo de JAK1 oral, em desenvolvimento, como um tratamento em monoterapia em doentes com artrite reumatoide (AR) moderada a grave que não apresentaram uma resposta adequada ao tratamento com metotrexato.

Publicado em Notícias

A AbbVie anunciou terem sido alcançados resultados de primeira linha positivos com o ensaio clínico SELECT-BEYOND de fase 3 que avalia upadacitinib (ABT-494), um inibidor seletivo de JAK1 oral experimental, em doentes com artrite reumatoide (AR) moderada a grave que não apresentaram uma resposta adequada ou apresentaram intolerância ao tratamento com DMARD biológicos (DMARDb).

Publicado em Notícias

Pesquisa