As crianças que estão mais expostas a espaços verdes apresentam melhores níveis de marcadores biológicos do que aquelas que têm um menor contacto com estes espaços. A conclusão é avançada por um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), publicado na revista Environmental International.

Publicado em Notícias

4D Visions19

Pesquisa