Cerca de 60% dos doentes com cancro de cabeça e pescoço são diagnosticados numa fase avançada com uma esperança média de vida de apenas cinco anos. Quando este tipo de cancro é diagnosticado em fase inicial, tem uma probabilidade de cura de 90% com cirurgia ou radioterapia. Esta foi uma das mensagens que a Dr.ª Ana Castro transmitiu esta manhã, na abertura da 7.ª Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço. Assista à entrevista da presidente do Grupo de Estudos de Cancro de Cabeça e Pescoço (GECCP).

 

Publicado em Notícias

No âmbito do Dia Mundial do Cancro de Cabeça e Pescoço, a News Farma conversou com o diretor do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do IPOLFG, Dr. Jorge Rosa Santos, que considera ser “na área do diagnóstico precoce da doença que se devia centrar a luta contra o cancro de cabeça e pescoço”, sublinhando o facto de uma grande percentagem destes doentes ser diagnosticada em estadios muito avançados. Para tal, o especialista avança que seria necessário um maior investimento, sendo que “muito pouco tem sido feito por iniciativa do poder central”.

Publicado em Artigos

Pesquisa