O consumo de medicamentos analgésicos opióides está a aumentar de ano para ano em Portugal e, entre 2010 e 2018, cresceu bem mais do que o dobro. O consumo de analgésicos à base de ópio teve um aumento de 141%. No ano passado, os portugueses consumiram 3,685 milhões de embalagens, enquanto em 2010 foram apenas consumidas 1,532 milhões

 

Publicado em Notícias

Um estudo liderado pelo Prof. Doutor Luís Manuel da Cunha Batalha e da Enf.ª Maria Matilde Marques Correia revelou que o cloreto de etilo em spray pode ser o método analgésico ideal para prevenir a dor associada à punção com uso de agulha em crianças. A utilização deste analgésico representaria uma poupança de 60% nos custos, em comparação com o método farmacológico mais comum.

Publicado em Notícias

Pesquisa