A Novartis vai ajudar os doentes de países de baixo e médio-baixo rendimento a ter acesso a medicamentos para tratar os principais sintomas da COVID-19 - uma necessidade fulcral na ausência de uma vacina ou tratamento curativo. O portefólio inclui 15 medicamentos da divisão Sandoz para doenças gastrointestinais, sintomas respiratórios agudos, pneumonia e choque séptico.

Publicado em Notícias

Pesquisa