As candidaturas à 2.ª edição da bolsa “Building future knowledge in mature B cell malignacies” estão abertas até dia 30 de abril de 2020, distinguindo um projeto de investigação com 15 mil euros. A iniciativa destina-se a projetos com a duração máxima de um ano, sendo organizada pela Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) e pela Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), em colaboração com a biofarmacêutica Gilead Sciences.

 

Publicado em Notícias

A Gilead Sciences, na 10.ª Conferência Internacional sobre a Investigação da SIDA (IAS 2019), a decorrer na cidade do México até 24 de julho, apresenta novos dados sobre os seus programas de investigação e desenvolvimento relativos ao VIH. As 15 comunicações, bem como os simpósios e workshops focados na comunidade, refletem o compromisso atual da Gilead com a inovação científica, essencial na abordagem de necessidades médicas não satisfeitas e em evolução sobre o VIH.

Publicado em Notícias

A Gilead Sciences e a Galapagos NV anunciaram que os dados sobre filgotinib, um inibidor seletivo de Janus cinase 1 (JAK1) oral, atualmente em investigação, serão apresentados no Congresso Europeu de Reumatologia (EULAR2019), que vai decorrer em Madrid, entre os dias 12 e 15 de junho. Serão apresentados resultados dos ensaios clínicos FINCH 1 e FINCH 3, em curso, e que têm como objetivo avaliar a utilização de filgotinib em adultos com artrite reumatóide.

Publicado em Notícias

Foi atribuída recentemente, pela Gilead Sciences, a Bolsa de Investigação Internacional em fibrose quística, que, pela primeira vez, considerou para avaliação projetos provenientes da região europeia, além dor originário do Canadá e dos Estados Unidos da América. Um dos vencedores das bolsas foi para uma investigação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

 

Publicado em Notícias

A Gilead Sciences anunciou, no último dia 3 de outubro, os resultados das 96 semanas de um estudo aleatorizado, em dupla ocultação, de Fase 3. Este avaliou a segurança e eficácia de bictegravir 50 mg/emtricitabina 200 mg/tenofovir alafenamida 25 mg (BIC/FTC/TAF) no tratamento da infeção por VIH-1 em adultos sem tratamento prévio (naive). O fármaco foi considerado estatisticamente não inferior a um regime abacavir/dolutegravir/lamivudina (ABC/DTG/3TC). Os dados foram apresentados durante a ID Week 2018, que decorreu em São Francisco entre os dias 3 e 7 deste mês.

 

Publicado em Notícias

Pesquisa