As doenças cardiovasculares (DCV) continuam a ser a principal causa de morte em Portugal. Somos um país de sedentários, temos um número enorme de obesos e um em cada cinco adultos ainda fuma. Para além disso, cerca de 40% da população é hipertensa, dois terços tem colesterol elevado e há um milhão de portugueses com diabetes. Um cenário em que o caldo parece sempre pronto a entornar. Estes fatores de risco condicionam a progressão da aterosclerose, a doença em que o colesterol se acumula nas artérias, com risco de enfarte, AVC ou de má circulação periférica, com maior hipótese de amputação por exemplo. A aterosclerose gera custos pessoais, familiares e sociais muito elevados. Um estudo recente realizado entre nós mostra que os custos da doença são astronómicos: cerca de 1900 milhões de euros que representam 1% do PIB ou 11% do total de despesas de saúde em Portugal.

 

Publicado em Artigos

A propósito do Dia Nacional do Doente Coronário, que se assinala hoje, dia 14 de fevereiro, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) divulga alguns dados relativos ao ano de 2018. O Instituto encaminhou 731 casos de enfarte agudo do miocárdio (EAM) através da Via Verde Coronária, mais 48 casos do que no ano anterior.

 

Publicado em Notícias

"Um em cada cinco doentes que sobrevivem ao internamento hospitalar apresenta um novo evento, como a morte cardiovascular, enfarte agudo do miocárdio (EAM) ou um acidente vascular cerebral (AVC) durante o primeiro ano após um EAM e 20% dos doentes sem evidência de complicações cardiovasculares no primeiro ano sofrem um novo evento nos três anos seguintes.” Quem o afirma é a Dr.ª Sílvia Monteiro, cardiologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e coordenadora da área dos Cuidados Intensivos Cardíacos da Sociedade Portuguesa de Cardiologia.

 

Publicado em Notícias

"O melhor presente que podes dar é o teu coração" é a mensagem da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) que, no Dia dos Namorados, também Dia Nacional do Doente Coronário (14 de fevereiro), lança uma campanha e alerta para importância de um coração saudável. Veja o vídeo da campanha da SPC para assinalar este Dia. 

Publicado em Tome Nota

A maioria dos portugueses está familiarizada com os fatores de risco, sintomas e tratamento de enfarte agudo do miocárdio (EAM), embora ainda haja muitas pessoas a desvalorizar a diabetes como fator de risco associado a esta doença. Estas são as principais conclusões do maior estudo elaborado em Portugal sobre esta doença, publicado hoje, 14 de fevereiro, Dia Nacional do Doente Coronário e com dados relativos a novembro de 2017.

Publicado em Notícias

Pesquisa