Artigos

Heart Center: um centro inovador, aberto 24 horas por dia, 365 dias por ano

O Hospital da Cruz Vermelha (HCV) inaugurou, no passado dia 31 de maio, o Heart Center, um centro inovador em Portugal, especializado em tratamentos cardiovasculares. Trata-se de um espaço dedicado à prevenção, através da prestação de cuidados de saúde especializados com base em tecnologias inovadoras e altamente diferenciadas e, ao mesmo tempo, a todo o tipo de tratamentos com procedimentos minimamente invasivos e cirurgias complexas. O Dr. Luís Baquero, coordenador do Heart Center, revela os pilares que sustentam a estrutura do Centro.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
APHP e CHUP promovem Open Day pela qualidade de vida dos doentes com hipertensão pulmonar

No âmbito do Dia Mundial da Hipertensão Pulmonar, o Centro Hospitalar e Universitário do Porto promoveu, no dia 31 de maio, o Open Day para profissionais de saúde e doentes. O evento, que encerrou as comemorações da data, foi organizado pela Associação Portuguesa de Hipertensão Pulmonar (APHP) e pela Unidade de Doença Vascular Pulmonar do Centro Hospitalar Universitário do Porto. Em entrevista à News Farma, a presidente da APHP, Dr.ª Maria João Saraiva, fez um balanço da iniciativa, que ouviu as preocupações dos doentes. 

 

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Hidradenite supurativa: uma doença crónica com impacto na qualidade de vida

A hidradenite supurativa é uma das doenças crónicas com maior impacto na qualidade de vida. Apesar desta afirmação ser verdadeira e de estimarmos em 100 mil o número de doentes em Portugal, o atraso diagnóstico e a odisseia dos doentes pelos serviços de Saúde são ainda francamente dececionantes.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Tabaco e acidente vascular cerebral (AVC)

O fumo de tabaco tem efeitos agressivos e rápidos sobre o sistema cardiocirculatório, tornando o sangue mais espesso, ativando a agregação das plaquetas sanguíneas e favorecendo a formação de coágulos, estreitando as artérias e reduzindo o transporte do oxigénio do sangue para os tecidos. Os fumadores são também mais propensos a ter hipertensão arterial e colesterol elevado. Deste modo, fumar duplica o risco de ter um AVC, mesmo fumando poucos cigarros. Para além disso, a exposição dos não fumadores ao fumo de tabaco também causa AVC, aumentando em 30% o risco. Se é fumador e já sofreu um AVC, ou tem outros fatores de risco para AVC, como hipertensão arterial, diabetes, colesterol elevado, arritmia ou outra doença cardíaca, ou se é mulher e faz anticoncepção hormonal, deixar de fumar é muito importante: o risco de AVC ou de AVC recorrente é demasiado grande se continuar a fumar.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter

Pesquisa