Revistas médicas científicas: discussão é importante para “melhorar e chegar a padrões mais elevados”
Revistas médicas científicas: discussão é importante para “melhorar e chegar a padrões mais elevados”

Decorreu ontem, dia 13 de março, na Fundação Calouste Gulbenkian, o 1.º Encontro da Federação Portuguesa das Sociedades Científicas Médicas. Subordinada ao tema das revistas médicas científicas portuguesas, com o mote “unir para melhorar internacionalmente”, o evento visou uma partilha de perspetivas, com vista, não apenas à apresentação de problemas, mas também de soluções. A Dr.ª Helena Donato, diretora do Serviço de Documentação do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, em entrevista à News Farma, falou do panorama das revistas médicas científicas em Portugal e da importância da indexação. Assista ao vídeo.

 

As revistas médicas científicas são fundamentais para apresentação do trabalho científico que se faz em Portugal. A Dr.ª Helena Donato refere que “a indexação é importante porque é um reconhecimento internacional da qualidade científica e técnica de uma revista”. Nesse sentido, é necessária abertura, nomeadamente no que diz respeito ao idioma dos conteúdos publicados, por parte das associações médicas para alcançar visibilidade internacional.

 

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019