Enfarte agudo do miocárdio e intervenção coronária e valvular é foco da Reunião Anual da APIC 2018
Enfarte agudo do miocárdio e intervenção coronária e valvular é foco da Reunião Anual da APIC 2018

A Reunião Anual da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) decorre entre os próximos dias 11 e 13 de outubro, no Centro de Congressos de Troia. Em foco vão estar os novos desafios do enfarte agudo do miocárdio e da intervenção coronária e valvular, mediante as novas tecnologias e técnicas e os nos novos dispositivos.

 

“Este ano queremos dar uma atenção especial à comunidade científica que trabalha precisamente na área cardiovascular, para que possamos incentivar a investigação translacional. O convívio e a interligação entre a comunidade de investigação básica e a clínica é essencial ao incremento da investigação translacional no nosso país”, explica o Dr. António Fiarrega, presidente da Reunião Anual da APIC 2018.

“Infelizmente, em Portugal ainda se faz muito pouca investigação translacional, ao contrário de outros países de referência, como Espanha”, acrescenta.

Durante o dia 12 vão estar presentes investigadores das principais instituições portuguesas, para um momento dedicado à investigação, entre as 10h00 e as 17h00.

Outro dos temas em destaque vai ser a segurança do doente. Além disso, o programa inclui ainda um Encontro Luso-Brasileiro dedicado ao tema de “Ferramentas para o sucesso da intervenção coronária” e a nomeação para o Prémio Jovem Cardiologista de Intervenção. Aceda ao programa do evento.

Consulte aqui mais informação.