Fundação Grünenthal promove Colóquio para discutir “O Futuro da Investigação em Dor”
09/10/2018 14:57:22
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Fundação Grünenthal promove Colóquio para discutir “O Futuro da Investigação em Dor”

A Fundação Calouste Gulbenkian recebe, ao longo da tarde de amanhã, 10 de outubro, o Colóquio Fundação Grünenthal, numa cerimónia que assinala os 20 anos da Fundação Grünenthal. “O Futuro da Investigação em Dor” serve de mote à conferência, dirigida pela Prof.ª Doutora Isaura Tavares, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, contando com a moderação do Prof. Doutor Walter Osswald, presidente da instituição. 

 

Ainda durante o evento, vai ter lugar a entrega oficial do Prémio Grünenthal Dor 2017. Este galardão tem como propósito distinguir trabalhos sobre temas de investigação básica ou clínica, relacionados com a dor, da autoria de médicos e outros profissionais de saúde. Além disso, vai ser entregue a Bolsa para Jovens Investigadores em Dor 2018, no valor de 10 mil euros, atribuída a projetos de investigação básica.

Há 20 anos que a Fundação Grünenthal tem a missão de investigar e divulgar conhecimento científico em Portugal, com particular dedicação ao âmbito da dor e respetivo tratamento. Por essa razão promove e patrocina prémios destinados a galardoar trabalhos de investigação científica, bem como jornalísticos, artísticos e outros que se enquadrem nos seus objetivos estatutários.

 

Programa do Colóquio Fundação Grünenthal

17H00 – 20 anos Fundação Grünenthal

17H15 – Conferência “O Futuro da Investigação em Dor” Professora Dr.ª Isaura Tavares – Faculdade de Medicina na Universidade do Porto

18H15 – Cerimónia Pública de Entrega do Prémio Grünenthal Dor 2017

19H15 – Cerimónia Pública de Entrega da Bolsa de Jovens Investigadores em Dor 2018

19H30 - Encerramento