Jovens médicos com interesse pela prática clínica e investigação da HTA são o público-alvo da 15.ª edição da Hypertension Summer School
07/08/2018 15:31:39
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Jovens médicos com interesse pela prática clínica e investigação da HTA são o público-alvo da 15.ª edição da Hypertension Summer School

Está a chegar a 15.ª edição da Hypertension Summer School (HSS), que decorre entre 4 e 7 de outubro, no Your Hotel & Spa Alcobaça. O curso, organizado pela Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH), destina-se a jovens médicos, com especial interesse pela prática clínica e investigação da hipertensão arterial (HTA). As inscrições para a formação, cuja língua oficial é o inglês, são gratuitas e limitadas a um total de 25 participantes.

 

Durante o curso vão ser abordados diferentes temas referentes à HTA e à doença cardiovascular, nomeadamente Genética, Fisiologia, Epidemiologia, Medicina Translacional, sal e doença cardiovascular, gestão da hipertensão aspetos cognitivos, leitura crítica da evidência e adesão ao tratamento.

Ao aluno que obtiver a melhor classificação no final, vai ser concedida uma Bolsa de Estudo com duração de três meses, possibilitando a participação num projeto de investigação num serviço de renome internacional da área da HTA em Paris.

Destacando a “enorme participação dos internos ao longo de todas as edições”, o Prof. Doutor Agostinho Monteiro, fundador e membro da comissão organizadora da HSS, afirma que o sucesso destas formações está “na discussão de tópicos completamente diferentes dos que vulgarmente são abordados numa sessão de HTA, pois o objetivo não é dar apenas informação, que hoje em dia se adquire facilmente por vários meios, mas sim uma real formação”.

Por sua vez, o presidente da SPH, Dr. Carvalho Rodrigues, salienta a mais-valia que é a HSS contar com “a presença de vários especialistas internacionais que estão ali para partilhar os seus conhecimentos e as suas experiências com os nossos jovens profissionais de saúde. É uma oportunidade única de interação, aprendizagem com profissionais de reputada experiência na área”.

Durante os quatro dias de formação, os 25 jovens médicos vão ter a possibilidade de debater todas as facetas da HTA com especialistas europeus de renome e partilhar experiências.