INHSU 2018: Portugal partilha a sua experiência de combate da hepatite C nos utilizadores de drogas injetáveis
31/07/2018 15:49:05
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
INHSU 2018: Portugal partilha a sua experiência de combate da hepatite C nos utilizadores de drogas injetáveis

Portugal tem sido um líder internacional no acesso universal a fármacos para o tratamento da hepatite C, tendo implementado, desde há alguns anos, várias políticas de saúde, designadamente ao nível da descriminalização do consumo de drogas. Neste sentido, Cascais foi o local escolhido para a realização do 7th International Symposium on Hepatitis Care in Substance Users (INHSU 2018), um evento promovido pela International Network on Hepatitis in Substance Users (INHSU), que decorrerá de 19 e 21 de setembro deste ano. Veja o vídeo de apresentação do evento.

A última edição do Simpósio teve lugar em Nova Iorque, sendo agora a vez de Cascais receber mais de 600 participantes oriundos de todo o mundo para discutir “todos os assuntos relacionados com a dependência de drogas e hepatite C, sejam eles físicos, mentais ou sociais”, refere o Prof. Doutor Rui Tato Marinho, membro da comissão organizadora INHSU 2018.

Conforme sublinha o Dr. Ricardo Baptista Leite, membro da comissão organizadora do simpósio, “devido à nossa experiência, este é o local perfeito para reunir especialistas, políticos e todos os que trabalham na área do consumo de substâncias e das hepatites virais para partilharem as suas melhores práticas e experiências, para que possamos trabalhar juntos”.  

Mais informações em www.inhsu2018.com.

Vídeo