“Vacinas: a face visível da prevenção”: candidaturas ao Prémio de Jornalismo GSK abertas
11/07/2018 15:08:15
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
“Vacinas: a face visível da prevenção”: candidaturas ao Prémio de Jornalismo GSK abertas

Pela primeira vez em Portugal, a GlaxoSmithKline (GSK) vai premiar um trabalho jornalístico de televisão, rádio ou imprensa na área da vacinação. No total, vão ser entregues dois mil euros ao vencedor, no Prémio de Jornalismo GSK “Vacinas: a face visível da prevenção”. As candidaturas estão abertas até dia 22 de fevereiro de 2019, sendo válidos os trabalhos publicados até essa data e a partir de 24 de abril de 2018.

 

Como critérios importantes, a avaliação dos trabalhos vai ter em consideração a coerência, a criatividade, a investigação desenvolvida, a relevância e a qualidade do trabalho. A apreciar as candidaturas vai estar um painel de jurados de renome de diversas áreas, nomeadamente os pediatras Prof. Doutor Mário Cordeiro e Dr.ª Diana Moreira, o atleta paralímpico Lenine Cunha, que sofreu de meningite durante a infância, e dois jornalistas representantes da Casa da Imprensa.

O Prémio tem o propósito de distinguir trabalhos jornalísticos na área da vacinação e contribuir para promover e incentivar iniciativas editoriais de órgãos de comunicação social, em língua portuguesa, nesta área.

A submissão da candidatura pode ser de natureza individual ou coletiva, devendo os jornalistas ter a carteira profissional válida. Apenas serão consideradas as candidaturas de participantes portugueses e de cidadãos de outras nacionalidades que residam em Portugal Continental e nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Para mais informações, consulte aqui o regulamento.