Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante prepara reunião sobre os desafios da prática clínica
08/03/2018 16:42:42
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante prepara reunião sobre os desafios da prática clínica

Leiria acolhe a III Reunião Científica da Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV), cujo tema será "A Medicina do Viajante - na Prática". Com o objetivo de discutir problemas do dia-a-dia de todos aqueles que exercem Medicina do Viajante (MV), o encontro, marcado para 7 de abril, irá abordar casos exemplificativos das diferentes matérias que constituem esta área da Medicina.

Segundo a SPMV, o surto de malária resistente às artemisininas no Camboja, na Tailândia, no Lais e, mais recentemente, no Vietname, está a preocupar os especialistas. Nalguns países a resistência existe para ambos os fármacos que constituem a associação, nomeadamente a combinação artenimol e piperaquina. A Sociedade considera que este problema afeta também os viajantes, uma vez que é a principal combinação de artemisininas a ser utilizada como tratamento de reserva.

No site da SPMV, a Sociedade refere ainda que a Organização Mundial de Saúde (OMS) retificou um protocolo de imunização contra a raiva, desenvolvido por um médico indiano como a nova norma de tratamento universal. O procedimento, testado com sucesso em milhares de vítimas de mordeduras de cães e macacos nos últimos cinco anos, reduz em 100 vezes o custo de tratamento por paciente.