Liga Portuguesa Contra a SIDA associa-se ao lançamento do filme “120 Batimentos por Minuto”
05/12/2017 15:35:16
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Liga Portuguesa Contra a SIDA associa-se ao lançamento do filme “120 Batimentos por Minuto”

Realizado por Robin Campillo, o filme “120 Batimentos por Minuto” recria o ambiente vivido em Paris, no início dos anos 90, numa altura em que o VIH/SIDA ceifava inúmeras vidas. Nesta altura, um grupo de ativistas esforça-se para lutar contra a indiferença generalizada da sociedade. A Liga Portuguesa Contra a SIDA (LPCS) associa-se à antestreia do filme, que aconteceu ontem, dia 4 de dezembro, nos cinemas UCI do El Corte Inglês, em Lisboa. Veja a galeria de fotografias do evento.

Para além da LPCS, a antestreia contou também com a presença de representantes de outras organizações de base comunitária da área do VIH/SIDA, nomeadamente a Associação Abraço, o Grupo de Ativistas em Tratamento (GAT), Associação SOL, AJPAS, entre outras.
O drama francês foi o “filme sensação” da 70.ª edição do Festival de Cinema de Cannes, onde conquistou o Grande Prémio do Júri e o Prémio da Crítica Internacional no Festival de Cannes.

Face à inércia do governo francês, que nada fez para prevenir o alastrar do vírus da imunodeficiência humana (VIH), alguns jovens criam o Act Up - Aids Coalition to Unleash Power, para promover ações não-violentas em defesa da prevenção e do tratamento da doença. É neste contexto que Nathan (Arnaud Valois), um jovem que se junta ao movimento, conhece Sean (Nahuel Pérez Biscayart), um dos partidários mais fiel e proativo do Act Up.

O filme recria a luta das vítimas afetadas pelo vírus em França, celebrando a luta dos ativistas envolvidos para incentivar a promoção da investigação e estimular as campanhas de prevenção junto da sociedade.