Nova Healthcare Initiative dá recomendações para eliminar a hepatite C
Nova Healthcare Initiative dá recomendações para eliminar a hepatite C

A Nova School of Business and Economics acolheu esta manhã o lançamento do livro “Eliminar a hepatite C em Portugal: da visão à ação”. Da autoria de João Marques Gomes, Judite Gonçalves, Sara Ribeirinho Machado e Jeffrey Lazarus, conta com o prefácio de Jorge Sampaio e Nuno Morais Sarmento, sendo um projeto da Nova Healthcare Initiative. Veja a galeria de fotografias do evento.

“Propomos um plano de ação para a implementação da transformação em Portugal relativamente à hepatite C”, afirmou à News Farma João Marques Gomes, coordenador da obra, referindo-se à estratégia global para as hepatites virais da Organização Mundial de Saúde (OMS), a qual estabelece o objetivo de reduzir a incidência do vírus da hepatite C (VHC) em 90% e a mortalidade associada a esse vírus em 65% até 2030.

O estudo começa assim por identificar os principais problemas ao longo da cascata de cuidados do VHC em Portugal e, com base nessa identificação, apresenta um conjunto de recomendações baseadas na proximidade, simplificação e integração.

“Pretendemos dar um contributo, ao levarmos a Ciência para fora dos gabinetes das universidades, com a preocupação de ter um impacto na sociedade”, disse João Marques Gomes e frisou que “a decisão de considerar as nossas recomendações será sempre da responsabilidade dos decisores das políticas de saúde”.

Esta obra foi publicada pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, contou com o apoio financeiro da Gilead Sciences e com o contributo de um “conselho consultivo” constituído por um painel de especialistas, que estão identificados e reconhecidos no documento.

Nesta cerimónia também decorreu um debate moderado pelo jornalista Ricardo Costa, que contou com a participação de Alberto Martins, Maria de Belém Roseira, Nuno Morais Sarmento e Pedro Mota Soares, antigos ministros da Justiça, Saúde, Presidência e Segurança Social, respetivamente.

Foi igualmente atribuído o prémio Health Connect 2017 a Jorge Sampaio pelo trabalho que desenvolveu na luta contra a tuberculose. Este galardão foi recebido pela sua assessora diplomática, Helena Barroco, uma vez que o antigo Presidente da República está hospitalizado.

Antes de Pedro Pita Barros e Maria do Céu Machado proferirem as palavras finais deste evento, houve espaço para a palestra “Não deixar ninguém para trás”, da autoria do padre Pedro Quintela.