Numa audiência que decorreu ontem, dia 9 de janeiro, na Assembleia da República, convocada pela Comissão Parlamentar de Saúde, procurou-se encontrar respostas e soluções para promover a prevenção da morte súbita cardíaca em Portugal. Na ocasião, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) e a Comissão Parlamentar de Saúde concordaram na necessidade de mudar o panorama da morte súbita cardíaca no país, alegando que esta pode ser evitável e prevenível, se os passos certos forem dados.

Publicado em Notícias

Pesquisa