A farmacêutica AstraZeneca anunciou recentemente que a Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, concedeu a designação de terapêutica inovadora ao acalabrutinib para o tratamento de doentes com linfoma de células do manto (LCM) que receberam pelo menos uma terapêutica anterior.

Publicado em Notícias