A apresentação do relatório “Infeção VIH e SIDA – Desafios e Estratégias 2018” decorreu esta manhã, dia 5 de julho, no átrio de entrada da estação do Cais do Sodré, em Lisboa. O documento da Direção-Geral da Saúde (DGS) faz um ponto de situação sobre a infeção VIH/SIDA em Portugal em 2017, prevendo, também, aquilo que se espera que aconteça durante este ano. Presentes no evento estiveram reconhecidos nomes de diversas áreas, entre as quais Política e Saúde. Como principal conclusão, o relatório regista que, pela primeira vez, foram atingidos dois dos três noventas das Metas 90-90-90.

 

Publicado em Notícias

A Dr.ª Isabel Aldir apresentou o Plano Estratégico do Programa Nacional para a Infeção VIH, SIDA e Tuberculose 2017, assim como o Relatório sobre a Infeção VIH, SIDA e Tuberculose 2016. O Dr. Francisco George, diretor-geral da Saúde, foi o responsável pela abertura desta sessão, que decorreu no INFARMED, em Lisboa, dia 29 de maio. Veja a galeria de fotografias do evento. 

Publicado em Notícias

Segundo o Dr. Ricardo Baptista Leite, responsável pela área de Saúde Pública do Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), “o VIH é claramente uma doença social”, sendo necessário “encontrar formas de combater o estigma e a discriminação”. Estes e outros temas foram debatidos na conferência “Acabar com o VIH/SIDA como ameaça de Saúde Pública até 2030”, que decorreu ontem, 30 de maio, na UCP. Assista ao vídeo da entrevista com o especialista.

Publicado em Notícias

O Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Católica Portuguesa (UCP) organizou ontem, dia 30 de maio, uma conferência intitulada “Acabar com o VIH/SIDA como ameaça de Saúde Pública até 2030”, no âmbito do ciclo de conferências “Há Saúde Pública na Católica". O Dr. Luiz Loures, vice-diretor executivo da ONUSIDA, foi o preletor da sessão. Em entrevista à News Farma, o especialista sublinha que “o acesso ao tratamento pelos doentes não é assimétrico” e que o grande desafio para o futuro recaí nesta questão. Assista ao vídeo.

Publicado em Notícias

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o VIH/SIDA (ONUSIDA) definiu como objetivos para 2020 o 90-90-90, ou seja, 90% de todos os casos diagnosticados, destes diagnósticos, 90% em tratamento e destes, 90% com viremias suprimidas.

Publicado em Notícias