Uma equipa internacional, que inclui o Centro de Física da Universidade do Minho, conseguiu reduzir em 59% a progressão da miopia em crianças dos oito aos 12 anos. O ensaio clínico com uma nova lente de contacto decorreu desde 2012 e envolveu ainda as Universidades de Aston (Reino Unido), de Waterloo (Canadá) e o Hospital Universitário de Singapura.

Publicado em Notícias