Uma equipa de investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência acaba de descobrir que os alicerces que servem de base aos cílios são diferentes, o que, por conseguinte, dá origem a montagem de cílios com utilidades também elas bastante diferentes. Os cientistas chegaram à conclusão de que, apesar de as células utilizarem os mesmos materiais por base, elas são muito criativas, pelo que os utilizam em variadas proporções, locais e etapas de construção, criando assim a diversidade estrutural necessária às diferentes funções. O estudo foi publicado na Nature Cell Biology.

 

Publicado em Notícias