De acordo com os dados de um inquérito à população nacional, realizado no âmbito do projeto “3F - Financiamento, Fórmula para o Futuro”, a maioria dos portugueses (51%) defende que a sociedade deve ter um papel mais ativo e interventivo na Saúde. Esta foi uma das conclusões apresentadas e debatidas hoje, dia 10 de outubro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. O evento contou com a presença do ministro da Saúde, Dr. Adalberto Campos Fernandes. Percorra a galeria e veja os melhores momentos.

 

Publicado em Notícias