O farmacêutico e o jovem com diabetes tipo 1
04/01/2018 9:12:22
Dr.ª Susana Castilho, pediatra e membro da direção da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal (AJDP)
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
O farmacêutico e o jovem com diabetes tipo 1

A diabetes tipo 1 (DT1) é um tipo particular de diabetes, que se desenvolve predominantemente em crianças ou adultos jovens e cuja génese tem por base um processo autoimune, sem qualquer relação com o estilo de vida prévio.

Outra particularidade é que a terapêutica envolve sempre a utilização de insulina, com múltiplas administrações diárias cujas doses devem ser reguladas de acordo com o teor em hidratos de carbono de cada refeição e com a glicemia capilar. O conhecimento destas particularidades por parte do farmacêutico é fundamental para poder aconselhar e ajudar o jovem com DT1, sem o confundir com os seus utentes mais habituais com diabetes tipo 2. O farmacêutico pode ser um aliado na educação destes jovens, reforçando ensinos sobre o acondicionamento das insulinas, técnicas de administração de injetáveis e de realização de glicemia capilar.

Outro papel fundamental consiste no aconselhamento individualizado de medicamentos, informando quanto à existência de potenciais efeitos na glicemia e procurando opções que não contenham glicose ou hidratos de carbono. Estas informações são vitais para o jovem com DT1 ajustar a dosagem de insulina a administrar. A Associação de Jovens Diabéticos de Portugal (AJDP), que celebra 21 anos em 2017, orgulha - se de colaborar com vários profissionais de saúde e escolas, promovendo a educação sobre diabetes, os seus diferentes tipos e necessidades, de forma a melhorar cada vez mais os cuidados prestados.